Coração de Leão – O amor não tem tamanho

Coração de Leão – O amor não tem tamanho

Pode até parecer bobinho e uma receita já demasiadamente usada, mas, os atores principais são magnéticos, você ri, chora, torce para que tudo acabe bem… mas isso você só vai saber se assistir.           Ele te ensina a que o melhor modo de viver é se aceitando e que temos que conviver com quem nos aceite e escolhemos.

O fato é que este filme baseia a sua única originalidade no pressuposto (ele próprio já um pouco preconceituoso) de que uma mulher bela e de estatura comum dificilmente se apaixonaria por um anão. O nanismo não é tratado de maneira natural, muito pelo contrário. Toda a direção é pensada de maneira a ressaltar a diferença de tamanho entre os dois, como na cena em que almoçam juntos, e o enquadramento compara-os lado a lado, sentados em cadeiras iguais – os pés dela firmes no chão, os dele balançando no ar.

Quando León vai tropeçar em alguém na rua, uma musiquinha antecipa alegremente o fato; quando ele fica preso no alto de um móvel da cozinha, a montagem faz a cena durar uma eternidade, aparentemente para deixar o público rir à vontade, resenha de adorocinema.

Lançado no Brasil em 19 de junho de 2014,filme argentino, dirigido por Emilio Kauderer, com Guillermo Francella, Julieta Diaz e grande elenco.

Método Kominski ( The Kominski Method) – seriado

Método Kominski ( The Kominski Method) – seriado

Michael Douglas ganhou um Emmy pelo Método Kominski e, digo, foi mais do que merecido. Conhecemos um Michael Douglas que não usa retoques e se aceita como é. O elenco é bem enxuto e afinado, e, você só irá desgrudar quando acabar todos os episódios e, ainda vai ficar com gostinho de quero mais por que acabou ? Alan Arkin surpreende como um coadjuvante único e capaz de alçar Michael Douglas a uma atuação surpreendente.

Arrisque-se, você vai amar.

Criada por Chuck Lorre, lançada em 16 de novembro de 2018, são 08 episódios com 25 a 30 minutos de duração cada, tendo no elenco Michael Douglas, Alan Arkin, Nancy Travis, Sarah Barker.

Foi premiada com dois Globos de Ouro melhor série de comédia, e, melhor ator em série_Michael Douglas.

LIVRO ADAPTADO PARA O CINEMA – A ESPOSA, Meg Wolitzer

LIVRO ADAPTADO PARA O CINEMA – A ESPOSA, Meg Wolitzer

Sim, Glenn Close, já ganhou o Globo de Ouro em filme dramático.

Vai ganhar porquê encarnou a personagem de modo único e conseguiu, se é que é possível, enriquecer a mulher descrita por Meg Wolitzer em seu livro “ The wife” sem tradução pra o português ainda.     E também, porquê é um tema muito importante para ser discutido.

Num primeiro momento verifica-se que o marido usa o talento de sua esposa que é quem escreve as obras que o levam ao Nobel, mas, ao narrar sua estória, a esposa confessa que se não tivesse “ sido usada” pelo marido, não teria tido a possibilidade de escrever e desenvolver todo seu potencial.

Afinal uma das melhores cenas do livro e do filme é o conselho de sua professora, da mulher intelectualizada ser invisível aos olhos dos homens.

Sim, ainda somos.

Mas, para quê precisamos aparecer ? Nós ocupamos nosso espaço pelo talento, pela genialidade, deixamos marcas.

Aparecer é consequência.

Lógico que não para todos, somente para os interessantes que enxergam.        Sempre digo que não é possível agradar a todos, afinal nem a votação de miss simpatia consegue ser unânime, e eu, logo eu vou ter essa pretensão ?

Assista, vamos discutir, só desconfie de seus primeiros ímpetos, mas, ainda que não concorde comigo, não deixe de assistir.

‘ The wife”, adaptação do livro de Meg Wolitzer com roteiro de Jane Anderson, dirigido por Bjorn Runge, com Glenn Close_indicada ao Oscar de Melhor Atriz, ganhou o Globo de Ouro em filme dramático, Jonathan Pryce, Christian Slater, Elizabeth McGovern e grande elenco.